Reforma previdência : Governo mandou o abacaxi, falta a faca para descascar

Reforma previdência : Governo mandou o abacaxi, falta a faca para descascar

Parlamentares cobram do governo e esperam poeira baixar para indicação relator da previdência

Com uma semana polêmica entre o executivo e o legislativo, o presidente da CCJ, deputado Felipe Francischini (PSL-PR), aceitou adiar a escolha do relator através do solicitação do PSL , partido do presidente.

O tratamento diferenciado do governo, em relação a reforma da previdência de civis e militares, está deixando os parlamentares divididos, e dizendo que os cidadães Brasileiros não sejam tratados de outro modo.

Dos 100 bilhões esperados com a economia da reforma dos militares, esse novo texto diminui para 10 Bilhões apenas, ou seja 10%.

Delegado Waldir diz:

O governo nos trouxe um grande abacaxi, mas não podemos descascá-lo no dente. Tem que mandar a faca para descascar.

Precisamos que o governo, venha explicar esse tratamento diferenciado às forças militares”, disse Delegado Waldir.

Se não houver uma articulação, uma melhor atenção e explicação do governo sobre essa diferenças sobre a reforma, o processo irá estacionar,

Tudo está nas mãos do governo para celeridade do processo da reforma, que o governo entre firme com sua equipe política, técnicos, assessores e ministros, afirma Francischine presidente da CCJ.

Portal Cearense

 

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!