A reforma é tão ruim que não dá para remendar, diz André Figueiredo

Reforma da Previdência André figueiredo

Em entrevista à Revista Carta Capital, publicada hoje, o deputado André Figueiredo falou sobre os desafios da oposição e a união das esquerdas em relação à Reforma da Previdência. “Como preliminar, essa proposta é praticamente impossível de ser discutida”.

O parlamentar cearense e líder do PDT na Câmara ainda criticou o texto do Governo por tirar a Previdência da Constituição. Idade mínima, cálculo do benefício e outros temas ficariam sujeitos à Lei Complementar, que precisa de menos votos no Congresso.

A reforma é tão ruim que não dá para remendar!

“Isso aí já nos dá uma salvaguarda, e acho que sairemos vitoriosos”. “Temos que tirar esse debate de dentro do parlamento e levá-lo para as ruas. Uma eventual reforma tem que partir do pressuposto de não tirar direitos de quem já não tem quase nada”, explica.

Portal Cearense

Confira nossas últimas notícias

Matéria da revista Carta Capital

 

Deixe uma resposta

error: Content is protected !!